BLOG

Buscar

Como a roupa que você veste influencia na sua imagem?

Atualizado: 26 de Set de 2018

Aquilo que você e a sua equipe vestem diz muito sobre a sua empresa. Mesmo que inconscientemente, o cliente é impactado pela sua imagem pessoal e vestimenta. Já parou para pensar que imagem a sua empresa pretende passar?


Mais que um tecido usado para cobrir o corpo, as roupas e acessórios têm um grande significado social-cultural. E não é de hoje. A vestuário acompanha o ser humano desde a Pré-História. Os homens das cavernas vestiam-se com peles de animais, o que além de servir como proteção, significava bravura e habilidades de caça. Ou seja, desde os primórdios, a vestimenta é também um artifício de marketing pessoal.


Por isso, é preciso entender que a forma com quem você e sua equipe de trabalho se vestem transmite uma mensagem que pode reforçar - ou destruir - a imagem que a sua empresa pretende passar ao cliente.


Se você trabalha em uma empresa formal, séria e tradicional, por exemplo, não é adequado que o cliente seja atendido por você ou por um colaborador da sua equipe usando roupas despojadas demais, como chinelos e bermuda.


O pensamento contrário também é válido. Se você quer vender uma imagem de empresa jovial, com conceitos inovadores e estratégias ousadas, não precisa (e nem deve) apresentar-se com roupas sociais demais, como terno e gravata. E não se trata de pré-conceito ou de julgar as pessoas pela aparência: é pura estratégia de marketing.


Assim, se você tem bem definida a identidade da sua empresa e a imagem que pretende passar aos seus clientes, faça o exercício de olhar-se no espelho, todos os dias, antes de sair para trabalhar, e pergunte-se: “eu estou condizente com a imagem do produto ou serviço que represento?” Ou ainda: “qual seria a minha primeira impressão ao ser abordado por um profissional da minha área vestido desta forma?”.


Não estamos incentivando ninguém a sair comprando roupas caras ou renovando o guarda-roupa por completo. Apenas ressaltando a importância da imagem ser harmônica com a mensagem e com o produto.


Apesar da vestimenta não ser o único quesito a ser analisada em um bom marketing pessoal, ela pode ser um diferencial decisivo já que o impacto da primeira impressão ainda é crucial para uma abordagem de sucesso.


Checkup Comunicação Estratégica